terça-feira, 14 de dezembro de 2010

3. LÉON WERTH, QUANDO CRIANÇA.

A obra O Pequeno Príncipe é dedicada a ‘Léon Werth, quando era pequenino’.
Léon Werth foi escritor francês e crítico de arte. Escreveu com grande precisão sobre a sociedade francesa na colonização, I e II Guerra Mundial. Era anarquista e filho de judeu, com estilo de escrita surrealista.
Conheceu Saint-Exupéry em 1931 em seu grupo de voo da Aeropostale, quando tornaram-se grandes amigos. Exupéry era vinte e dois anos mais novo que Werth e possuiam muitas características opostas.
Léon Werth recebeu além da dedicatória de O Pequeno Príncipe, a dedicatória de Carta a um Refém.
Enquanto Saint-Exupéry estava exilado em Nova Yorque - Estados Unidos, Léon passou a guerra no Jura, uma região montanhosa perto da Suiça e é a este momento que se refere Exupéry ao dizer em sua dedicatória “sozinho, com frio e fome”.
Como lhe pedia o coração, Jean retornou à Europa afirmando que não poderia suportar viver longe dos que sentiam frio e fome e dizia estar saindo dos Estados Unidos para sofrer e, assim, estar unido àqueles que lhe eram queridos.
Werth afirmou ao fim da guerra, após a morte de Exupéry, que a paz sem ele não era totalmente paz.
Éditions Galimard enviou-lhe uma edição especial cinco meses depois da morte de seu amigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário